terça-feira, 3 de agosto de 2010

FAZ DE CONTA QUE NADA VI...





















Não quero ser mais um soldado
de um mundo sem paz
acordando de sonhos machucados
de momentos roubados
de penitencias-diárias
vivendo em alerta
na sombra do caos
Tenho sede de poesia
Fadas rondam minha mente
dançam no meu inconsciente
Estou desarmada
anestesiada
rodeada de hipocrisia
Me envolve em teu manto
quebre esse desencanto
faz de conta que nada vi
Não me faça rastejar
quando te peço apenas pra sonhar...